Não subestime a si mesmo

333 visualizações | Reflexões
Publicado em 29.02.2016

Subestimar significa desvalorizar, pense quantas vezes você fez isso consigo mesmo e nem percebeu?

Quantas vezes já falaram que você é uma pessoa dedicada, um profissional excelente, uma mãe ou um pai exemplar, um amigo atencioso e você não acreditou? Quantas vezes pessoas influentes elogiaram seu trabalho e você não deu valor? Quantas vezes será preciso reconhecerem seu potencial para você entender a capacidade que tem diante do mundo?

 

Subestimar significa não dá a devida estima, desvalorizar, não ter consideração sobre algo ou alguém. Quantas vezes você fez isso consigo mesmo e nem percebeu? O povo de Israel se tornou escravo do Egito justamente por causa disso, eles subestimaram o seu próprio potencial e poder. Olha o que a Bíblia diz sobre isso:

 

Ora, morreram José, todos os seus irmãos e toda aquela geração. Os israelitas, porém, eram férteis, proliferaram, tornaram-se numerosos e fortaleceram-se muito, tanto que encheram o país. Então subiu ao trono do Egito um novo rei, que nada sabia sobre José.
Disse ele ao seu povo: Vejam! O povo israelita é agora numeroso e mais forte que nós. Temos que agir com sabedoria, para que não se tornem ainda mais numerosos e, no caso de guerra, aliem-se aos nossos inimigos, lutem contra nós e fujam do país. Estabeleceram, pois, sobre eles chefes de trabalhos forçados, para os oprimir com tarefas pesadas. {...}

 

Todavia, quanto mais eram oprimidos, mais numerosos se tornavam e mais se espalhavam. Por isso os egípcios passaram a temer os israelitas, e os sujeitaram a cruel escravidão. Tornaram-lhes a vida amarga, impondo-lhes a árdua tarefa de preparar o barro e fazer tijolos, e executar todo tipo de trabalho agrícola; em tudo os egípcios os sujeitavam a cruel escravidão."
Êxodo 1:6-14

 

Os israelitas eram poderosos e os egípcios reconheceram essa grandeza, tanto que temeram e tiveram a ideia de escravizá-los. Mas, veja bem, se o próprio povo de Israel enxergasse o seu poder e capacidade, não aceitariam ser escravizados pelo Egito. Eles poderiam se unir, aprender a lutar e combater os egípcios facilmente, ainda mais com Deus ao lado deles. No entanto, isso só seria possível se eles conseguissem valorizar a si mesmo, o que infelizmente, não aconteceu.

 

Hoje em dia acorre o mesmo com diversas pessoas em todo o mundo. Quantos gênios, de diversas áreas do conhecimento, com capacidade de fazer coisas grandes, se submetem a trabalharem para outras pessoas, doando seu potencial de forma gratuita? Apenas, por subestimarem a si mesmo. Quantas esposas maravilhosas, lindas e dedicadas se deixam abater quando aparece alguém, aparentemente, mais atraentes do que elas na frente do marido? Pelo simples motivo de não enxergarem o seu valor.

 

São tantos exemplos de subestimação. Precisamos olhar para nós mesmos, prestar atenção no que as pessoas significantes afirmam e de uma vez por todas dar valor ao nosso potencial e capacidade. Chega de se subestimar, de nos colocarmos pra baixo por motivos bobos e valorizar quem somos e o que somos capazes de fazer.

 

Não subestime a si mesmo!

Entrevista com o “criativo transgressor” da Euzaria

O publicitário Zé Pimenta conta como surgiu a ideia para criar o movimento e os próximos passos da empresa

Mulher Maravilha nos leva para uma nova era de filmes de super heróis

A primeira super heroína do mundo finalmente recebe seu filme solo e precisamos discutir sobre isso

Consequências e soluções para um relacionamento abusivo

Entenda como uma identificar uma relação doentia e de que forma ela pode afetar a vida das pessoas

Organização financeira é a chave para conquistar sonhos e objetivos de vida

Contadora dá dicas de como planejar as finanças e caso de sucesso inspira garotas que querem atingir suas metas

Aprenda como vencer as lutas

No segundo filme das Crônicas de Nárnia, Príncipe Caspian, os irmãos Pevensie se veem diante de uma adversidade nunca vista, mas descobrem como vencer junto com Aslam